Cadillac apresenta o XT4 no Salão de Nova York, o menor SUV da marca premium da GM


A Cadillac está apresentando uma opção menor que o XT5 nos Estados Unidos. Trata-se do compacto XT4, modelo que se une à linha da Cadillac, hoje composta por ATS, CTS, XTS, CT6, ATS Coupé, XT5 e Escalade. O XT4 se destaca por ter 4,59 metros de comprimento, 2,77 metros de entre-eixos, 1,88 metro de largura e 1,62 metro de altura. Produzido em Fairfaz, Kansas City, o SUV é produzido sob a plataforma E2XX, a mesma de Opel Insignia, Buick Regal, Holden Commodore e do Chevrolet Malibu. O seu design é elegante como todo Cadillac, com linhas joviais e possui faróis de Full LED adaptativos com enormes luzes diurnas de LED, que descem até a base do para-choque dianteiro, com uma ampla grade dianteira com elementos que lembram escamas. Na lateral, destaque para as rodas de 20 polegadas e as portas traseiras, bem amplas. As colunas C são retas e inclinadas, quebrando um pouco a fluidez das linhas. Na traseira, as lanternas em LED formam um L bem atraente. No interior, o painel é bem amplo, com apliques de madeira e muitos cromados. Ele possui ainda instrumentação com dois mostradores analógicos e um display grande. A tela da multimídia possui design bem diferente, sendo plana e (bem) inclinada. Logo abaixo está o conjunto de comandos físicos, enquanto a alavanca é em estilo joystick com botão de navegação e controle de rádio, touch screen. O espaço atrás é bem amplo e o porta-malas está dentro da média da concorrência. Nos EUA ele deve ser vendido nas versões Luxe, Luxe Premium e Sport. Desde a versão de entrada ele conta com rodas de liga leve aro 20, bancos dianteiros elétricos com memória, conjunto ótico totalmente em LED, multimídia com Android Auto e CarPlay, teto solar elétrico e panorâmico, barras no teto, câmera de ré, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, alerta de faixa e ponto cego, estacionamento automático, bancos em couro, suspensão adaptativa e som Bose. A tração AWD é opcional em todas as versões e ele deve ser equipado com motor 2.0 Turbo com injeção direta de combustível e desligamento de cilindros. O motor desenvolve 240cv e 35,7kgfm, acoplado ao câmbio automático de 9 velocidades. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen ainda espera desenvolver um Golf de 420cv, segundo canal no Youtube

Mercedes-Benz confirma detalhes do fim do motor V12 durante o Salão de Paris

Volkswagen confirma vender elétricos da linha ID pelo mesmo preço dos carros diesel

Nova geração do Jaguar F-Type pode usar motor 4.4 V8 biturbo da BMW e chega em 2020

Citroën confirma sinal verde para desenvolvimento do exótico sedã C6 para depois de 2020

Nova geração do Renault Clio estreia no Salão de Genebra, apenas em março de 2019

Toyota vende Corolla XEi com desconto de R$6 mil durante esse mês com o "Corolla Fest"

Para Renault, Duster é para marca o que o Mustang é para a Ford, em grau de importância

SOL apresenta o E20X no Salão de Pequim, primeiro fruto entre JAC e Volkswagen

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves