Lincoln apresenta o Aviator Concept no Salão do Automóvel de Nova York, seu novo SUV


A Lincoln está apresentando mais um conceito para o Salão do Automóvel de Nova York, o Aviator Concept. Fruto de uma nova investida da Lincoln, com nomes de SUVs ao invés de siglas, o Aviator resgata um nome que já foi usada pela marca na década passada. Ficando abaixo do Navigator, o Aviator Concept é um modelo bem próximo da realidade. Com design elegante e com dimensões medianas, ele não é um SUV tão exagerado como o Navigator, que possui espaço para 8 ocupantes. Ele conta com opção de ter o espaço interno empliado, uma saída mais simples para a Ford/Lincoln em mercados como a China, por exemplo. Entre os destaques do design estão a grade dianteira clássica, com detalhes cromados em alto revelo e o logotipo da Lincoln com iluminação em LED. Os faróis Full LED possuem dois projetores e luzes diurnas, também de LED. O para-choque tem extremidades bem proeminentes e faróis de neblina em LED integrados aos cromados. Entre os dois conjuntos, mais filetes de LED. Na lateral chama atenção o filete com o nome Aviator entre o para-lamas dianteiro e a porta dianteira. Os retrovisores são bem estreitos, típicos de conceito, enquanto as colunas D são bem estreitas. As rodas de 22 polegadas também possuem um design bem elegante. A traseira tem lanternas interligadas de LEDs com lentes brancas na parte inferior e, segundo a Lincoln, possui tampa do porta-malas com acionamento elétrico. No interior, destaque para o nível do acabamento, com painel revestidos em couro costurado com partes em alumínio e preto brilhante. O quadro de instrumentos é digital e a central multimídia é de generosas 12 polegadas. O acabamento das portas é de couro com apliques em black piano e controle dos assentos elétricos, com auto-falantes bem destacados. A Lincoln não confirmou qual é a plataforma do SUV, mas ele possui tração traseira. Segundo a marca de luxo da Ford, ele possui câmbio automático de 10 velocidades e a versão de produção pode ser vendida com motor 2.0 EcoBoost ou 2.7 V6 EcoBoost. Com motor 2.0, ele deve ser Hybrid Energi, ou seja, usa o mesmo motor do Ford Fusion Hybrid. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen ainda espera desenvolver um Golf de 420cv, segundo canal no Youtube

Mercedes-Benz confirma detalhes do fim do motor V12 durante o Salão de Paris

Volkswagen confirma vender elétricos da linha ID pelo mesmo preço dos carros diesel

Nova geração do Jaguar F-Type pode usar motor 4.4 V8 biturbo da BMW e chega em 2020

Citroën confirma sinal verde para desenvolvimento do exótico sedã C6 para depois de 2020

Nova geração do Renault Clio estreia no Salão de Genebra, apenas em março de 2019

Toyota vende Corolla XEi com desconto de R$6 mil durante esse mês com o "Corolla Fest"

Para Renault, Duster é para marca o que o Mustang é para a Ford, em grau de importância

SOL apresenta o E20X no Salão de Pequim, primeiro fruto entre JAC e Volkswagen

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves