Audi revela segunda geração do novo Q3 na Europa, com inspiração no Q8


Apresentado em 2011, a Audi revelou a segunda geração do Q3 no mercado brasileiro. Um dos maiores sucessos da marca nos últimos anos, o Q3 ganha uma geração inteiramente nova na Europa. Ele traz um design mais moderno e uma boa dose de tecnologias. O Q3 2019 mede 4,49 metros de comprimento, 2,68 metros de entre-eixos, 1,85 metro de largura e 1,59 metro de altura, um crescimento de 9,7cm no comprimento e 7,8cm no entre-eixos. No design, ele se inspira nos últimos lançamentos da Audi, como o Q8. Mais esportivo, ele traz grade dianteira “Singleframe”, com entradas de ar grandes nas extremidades do para-choque dianteiro. Ele ainda traz faróis com projetores usados por todos os carros da marca, com faróis Matrix LED como opcional nas versões mais caras. As linhas estão mais musculosas e deixam o perfil do SUV bem mais eclético, como mostra as caixas de roda. Há diversas opções de personalização, além do oferecer pacote S-LINE, com para-choque dianteiro e traseiro exclusivos. As colunas D reforças mantém o DNA Audi do Q3 2019, que decidiu ter linhas mais abauladas sobre os eixos, a fim de ganhar musculatura e robustez visual. Na traseira, as lanternas de LED chamam atenção e o design lembra a primeira geração do SUV, especialmente os para-choques traseiros. No interior, o Q3 2019 possui linhas mais modernas e com mais tecnologia. Ele traz uma central multimídia que varia de 8,8 a 10,1 polegadas que é levemente inclinada para o motorista. O Virtual Cockpit possui uma tela de 10,25 ou 12,3 polegadas, combinando todas as funções de condução de forma moderna e intuitiva. 


O interior ainda pode contar com três tipos de acabamento: couro, imitação de couro ou Alcantara. Traz iluminação em LED ajustável, com 30 colorações diferentes. O espaço interno é um dos destaques do novo Q3, graças a suas dimensões maiores. Ele passa a ter 530 litros no porta-malas, número que pode chegar a 675 litros com os bancos corrediços totalmente para frente ou 1.525 litros com eles rebatidos. Entre os destaques dessa geração estão o controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa, Park Assist, sensor de estacionamento e câmera 360°, e assistente de frenagem de emergência com detecção de pedestres e ciclistas. Na mecânica, a segunda geração deve ser vendida com motor 1.5 TFSI de 150cv, 2.0 TFSI de 190cv e 2.0 TFSI de 230cv. Com motor diesel, que ele ser vendido com motor 2.0 TDI de 150cv ou 190cv. O câmbio é automático de dupla embreagem S-TRONIC de 6 velocidades, além do câmbio manual de 6 marchas, com opção de tração integral Quattro. Ele ainda traz o sistema Audi Drive Select será oferecido como opcional, com seis modos de condução: Auto, Comfort, Dynamic, Offroad, Efficiency e Individual, permitindo ajustar os parâmetros de motor, direção, transmissão e da suspensão adaptativa.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mercedes-Benz confirma detalhes do fim do motor V12 durante o Salão de Paris

Volkswagen confirma vender elétricos da linha ID pelo mesmo preço dos carros diesel

SOL apresenta o E20X no Salão de Pequim, primeiro fruto entre JAC e Volkswagen

Volkswagen ainda espera desenvolver um Golf de 420cv, segundo canal no Youtube

Volkswagen confirma que Fusca deve retornar como elétrico de 4 portas no futuro

Nova geração do Renault Clio estreia no Salão de Genebra, apenas em março de 2019

Brabham apresenta o BT62 na Inglaterra, bólido de 710cv de potência e com motor 5.4 V8

Toyota vende Corolla XEi com desconto de R$6 mil durante esse mês com o "Corolla Fest"

Para Renault, Duster é para marca o que o Mustang é para a Ford, em grau de importância

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves