Dodge Journey, Grand Caravan e Chrysler 300 estão com os dias contados nos EUA


A Dodge parece que deve fazer uma limpa em todos os automóveis que não sejam esportivos em sua linha. Os modelos Dodge Journey e Grand Caravan não devem ganhar uma nova geração, assim como o Chrysler 300C. Por exemplo, o Dodge Journey está no lineup da marca desde 2007 e já não encanta mais. Em entrevista realizada recentemente, o chefe de produtos da FCA na América do Norte, Steve Beahm, adiantou que não esconde chances do Journey ser oferecido até a linha 2019. O motivo, além da idade do projeto, seria a reestruturação que a Dodge deve passar nos próximos anos, renovando os modelos Charger e Challenger. A Dodge deve ser transformada na marca de esportivos norte-americanos e deve explorar o máximo do seu DNA para isso. O mesmo caminho é para a Grand Caravan. Talvez o único automóvel mais familiar que deve se manter no mercado é o Durango, que só permaneceu no lineup com a versão SRT, de acordo com a proposta da nova fase da Dodge. A Chrysler deve ser mais uma marca que deve passar por um processo de reestruturação e deve focar na mobilidade urbana, como já acontece com a Chrysler Pacifica, que deve ser o primeiro carro da FCA com condução autônoma. Para a Chrysler, um inédito SUV é esperado dentro de 18 meses, segundo o executivo. 


Fonte: Motor Trend

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mercedes-Benz confirma detalhes do fim do motor V12 durante o Salão de Paris

Volkswagen confirma vender elétricos da linha ID pelo mesmo preço dos carros diesel

SOL apresenta o E20X no Salão de Pequim, primeiro fruto entre JAC e Volkswagen

Volkswagen ainda espera desenvolver um Golf de 420cv, segundo canal no Youtube

Volkswagen confirma que Fusca deve retornar como elétrico de 4 portas no futuro

Toyota vende Corolla XEi com desconto de R$6 mil durante esse mês com o "Corolla Fest"

Nova geração do Renault Clio estreia no Salão de Genebra, apenas em março de 2019

Brabham apresenta o BT62 na Inglaterra, bólido de 710cv de potência e com motor 5.4 V8

Para Renault, Duster é para marca o que o Mustang é para a Ford, em grau de importância

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves