Nova geração do nosso Volkswagen Jetta deve ser quase igual ao modelo norte-americano


A nova geração do Volkswagen Jetta deve ser lançada entre setembro e outubro no Brasil e o sedã deve ser bem parecido com o modelo norte-americano. Tudo indica que ele deve ser vendido com câmbio automático de 6 e 8 velocidades, dependendo da versão. Ele deve ser lançado primeiramente nas versões com motor 1.4 TSI Flex, possivelmente nas versões Trendline e Comfortline. Até o primeiro trimestre de 2019 deve ser lançada a versão Highline, com motor 2.0 TSI. Enquanto as versões de entrada serão vendidas com motor 1.4 TSI Flex de 150cv e 25,5kgfm de torque, uma versão mais apimentada deve manter o motor 2.0 TSI. Além do motor, a Volkswagen trocará a suspensão traseira com eixo de torção por um sistema independente do tipo multilink, considerado mais adequado para a proposta. O motor deve receber melhorias. Sai o 2.0 TSI de 211cv e 28,6kgfm para o moderno 2.0 TSI de 220cv e 35,7kgfm. Nos EUA ele é vendido somente com câmbio automático de 8 velocidades, mas aqui ainda pode manter o mesmo câmbio para o motor 1.4 TSI Flex, que já está trabalhando com esse câmbio e não precisaria de um retrabalho de engenharia. Agora o 2.0 TSI pode ser equipado com o novo câmbio automático de 8 velocidades. Os preços devem ficar entre R$90 mil a R$125 mil. 


Fonte: Quatro Rodas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mercedes-Benz confirma detalhes do fim do motor V12 durante o Salão de Paris

Volkswagen confirma vender elétricos da linha ID pelo mesmo preço dos carros diesel

SOL apresenta o E20X no Salão de Pequim, primeiro fruto entre JAC e Volkswagen

Volkswagen ainda espera desenvolver um Golf de 420cv, segundo canal no Youtube

Volkswagen confirma que Fusca deve retornar como elétrico de 4 portas no futuro

Toyota vende Corolla XEi com desconto de R$6 mil durante esse mês com o "Corolla Fest"

Nova geração do Renault Clio estreia no Salão de Genebra, apenas em março de 2019

Brabham apresenta o BT62 na Inglaterra, bólido de 710cv de potência e com motor 5.4 V8

Para Renault, Duster é para marca o que o Mustang é para a Ford, em grau de importância

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves